O general-de-exército Raúl Castro Ruz e o presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, inauguraram, o Complexo Industrial Biotecnológico CIGB Mariel S.A., o mais moderno do país e um dos mais avançados da região

Foto: Estudio Revolución

 

CIGB Mariel S.A. é o resultado de um investimento realizado por tecnólogos e engenheiros da Ilha, financiado com capital 100% cubano, obedecendo às instruções do general-de-exército.

«Vocês têm um tesouro nas mãos e vamos continuar a criar tesouros como este», garantiu o general-de-exército Raúl Castro Ruz aos gestores e trabalhadores do Complexo Industrial Biotecnológico CIGB Mariel SA, inaugurado na Zona de Desenvolvimento Especial de Mariel, considerado o mais moderno em Cuba e um dos mais avançados da região da América Latina e Caribe.

Impressionante do lado de fora, este novo complexo é o investimento mais importante feito em Mariel e a primeira obra de alta tecnologia estabelecida na área. Pertence ao Grupo de Negócios BioCubaFarma e é projectado com os mais altos padrões de boas práticas de laboratório e fabricação de medicamentos.

«Numa segunda etapa, está prevista a entrada em operação de outra usina de insumo farmacêutico activo com capacidade fermentativa superior, um laboratório piloto para testes clínicos de inovação e desenvolvimento, instalação de equipamentos para formas acabadas: spray, seringas pré-carregadas, sólidos em pó, supositórios e uma nova formulação de nanovesículas», explicou Díaz-Canel.

O presidente da República também mencionou que no CIGB Mariel S.A. vão trabalhar mais de 400 trabalhadores das províncias de Havana e Artemisa, em sua maioria jovens profissionais de alta qualificação e alto comprometimento.

Na Zona Especial, com cerca de 465 quilómetros quadrados, convivem empresas cubanas e de 21 países que, juntas, geraram mais de 15 mil empregos. Tem 61 negócios aprovados, incluindo 31 sociedades totalmente de capital estrangeiro, 16 sociedades mistas, 11 totalmente cubanas. Hoje possui 34 negócios em operação e os sectores mais representados são indústria, logística, transporte, construção, indústria alimentícia, energia e biotecnologia.

Fonte: Granma

Novembro, 2021