Esta dose é dada àqueles que completaram seis meses do cronograma de vacinação, e adolescentes e jovens que tiveram Covid-19 não poderão injetá-la antes de seis meses após a contração da doença

Cuba estará ainda mais protegida, mais imune e mais feliz à medida que fizer mais progressos, com suas próprias vacinas, na imunização de sua população contra a Covid-19.

Como uma forte demonstração de soberania, o membro do Secretariado Político e secretário de Organização do Comité Central do Partido Comunista (PCC), Roberto Morales Ojeda, celebrou na quarta-feira, 4 de maio, no Twitter, o início da aplicação das doses de reforço da vacina nacional Soberana Plus em crianças entre 12 e 18 anos de idade no arquipélago.

De acordo com os relatórios, esta dose é dada àquelas que completaram seis meses do cronograma de vacinação, e adolescentes e jovens que sofreram da COVID-19 não poderão injetá-la antes de seis meses após a contração da doença.

Autor: Redação Nacional | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Maio, 2022