Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fruto do convénio de colaboração vigente entre o Instituto de Geofísica e Astronomia (IGA) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente com o Instituto de Astronomia Aplicada e o Instituto de Astronomia, pertencentes à Academia de Ciências da Rússia, no passado dia 14 de Janeiro, comemorando o Dia da Ciência Cubana, teve lugar a inauguração do novo Observatório Cubano-Russo.

A instalação, radicada na sede do IGA, dispõe de um moderno telescópio automatizado russo de largo alcance com vinte centímetros de diâmetro que, dotado de sistemas computadorizados capazes de captar imagens de primeira qualidade, possibilitará a realização de uma ampla variedade de observações de corpos cósmicos, o rastreio do chamado lixo espacial e o fortalecimento do sistema cubano de vigilância do espaço sideral.

Também conta com um Receptor de Sistema de Posicionamento por Satélites para a monitorização e análise de parâmetros geofísicos, e uma estação meteorológica associada.

Segundo a informação emitida pelo IGA, a existência do referido Observatório em solo cubano propiciará a criação duma base de dados própria, observações astronómicas, de suma utilidade e a possibilidade de intercambiar experiências com outras entidades homólogas e facilitará a formação de novos especialistas.

Igualmente, fortalecerá a investigação, capacitação e divulgação científicas nas áreas da astronomia, astrofísica, geodesia e ciências espaciais.

Fonte: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Janeiro, 2022