O ARDENTE PROFETA DA AURORA

95 ANOS DO NASCIMENTO DE FIDEL

13 de Agosto de 1926

 

Neste 13 de Agosto, assinalamos o 95º aniversário do nascimento de Fidel, cujo pensamento e obra continuam a iluminar-nos.

A Associação de Amizade Portugal-Cuba, num momento tão difícil para a nação socialista e o seu povo, recorda a figura memorável que foi e é Fidel.

Expressamos ao Povo Cubano toda a nossa solidariedade.

Fidel terá sido o mais importante político do século passado e uma figura que mudou a História da América Latina.

Nesta data em que lembramos o nascimento de tão ilustre personalidade, é nosso compromisso solene tudo fazermos para honrar os seus feitos históricos e os ensinamentos inspiradores para a luta emancipadora dos povos.

 

“Democracia é quando as maiorias governam, democracia é quando se defendem os interesses da maioria, democracia não é garantir somente o direito a pensar livremente mas também o direito a saber pensar, o direito a saber escrever aquilo que se pensa, o direito a saber ler o que lêem os outros, o direito ao pão, ao trabalho, à cultura” Fidel Castro, 1/5/1960

 

CUBA VENCERÁ!

Fonte: Gramna

 

A OEACP aprovou, por unanimidade, uma Resolução a exigir o levantamento do bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos EUA e manifesta a sua preocupação pelos danos significativos que essa política tem causado à população e à sociedade cubana, assim como pelo seu efeito extraterritorial com a entrada em vigor do título III da Lei Helms-Burton.

O texto destaca que, apesar das dificuldades geradas pelo bloqueio, Cuba tem continuado a solidariedade internacional, demonstrada com a cooperação com outros países no combate à pandemia.

Foto: Granma

 

Cubanos e 31 Associações de Cubanos Residentes no Estrangeiro emitiram um comunicado em que denunciam o terrorismo mediático, a ciberguerra, a campanha de ódio e os incitamentos à violência desencadeados contra Cuba.

Os cubanos, povo nobre, culto e valente, apelam à paz, sendo consequentes com as nossas origens. Só compete aos seus cidadãos resolver os problemas da Nação, num clima de harmonia e liberdade, de dignidade e justiça, de trabalho e criação e participativo em que todos possamos contribuir com respeito e compromisso com o futuro.

Vários países do mundo demonstram o seu apoio e solidariedade com Cuba que enfrenta as dificuldades económicas resultantes do criminoso bloqueio do governo dos EUA e, agora, agravadas pela pandemia. A seguir destacamos alguns exemplos de verdadeira ajuda humanitária:

 

  • RÚSSIA – Transportadas em dois aviões Antonov (das maiores aeronaves do mundo) chegaram a Cuba 88 toneladas de equipamentos de protecção sanitária, incluindo um milhão de máscaras médicas e ainda produtos alimentares;
  • MÉXICO – O Presidente Lopez Obrador afirmou que o bloqueio contra Cuba é inumano e medieval e, ainda, “creio que, pela sua luta pela soberania, Cuba e o povo cubano merecem o prémio da dignidade e, essa Ilha, deve ser considerada património da humanidade” (na comemoração do aniversário de Simon Bolívar – o libertador). O México enviou dois barcos da marinha com gasóleo para os hospitais, material médico e produtos alimentares;
  • BOLÍVIA – O Presidente Luís Arce lembrou a solidariedade de Cuba com o seu país, com as brigadas médicas, as cirurgias oculares, a alfabetização, e enviou 20 toneladas de material médico e produtos alimentares;