Há mais de 60 anos que o imperialismo norte-americano impõe a Cuba a chamada “guerra híbrida” com três componentes: comunicacional/mediática; terrorista; e o bloqueio económico, comercial e financeiro, com o objetivo de derrotar a revolução socialista.

Na vertente mediática o governo norte-americano organiza e financia massivas operações nas redes sociais, mediante sistemas de big-data, robots e ciberterrorismo com falsas notícias; ações terroristas que provocaram a morte de 4.500 cidadãos cubanos (2 diplomatas na explosão de bomba na Embaixada em Lisboa, em 1976) e o bloqueio económico, comercial e financeiro que, nos últimos 60 anos, causaram danos a Cuba em mais de 135 mil milhões de dólares.

O bloqueio é um ato de puro terrorismo político e de lesa humanidade.

O bloqueio tem sido condenado quase por unanimidade a nível internacional e exigido o seu levantamento, repetidamente, na Assembleia Geral da ONU com apenas dois votos contra (EUA e Israel).

Mas, apesar deste brutal ataque, Cuba continua a ser um país solidário com outros povos do mundo.

Atualmente mais de 36.000 profissionais de saúde prestam serviço em 66 países. Cuba apoiou diversos países no combate à pandemia da Covid-19, na sua fase aguda.

Através da Operação Milagro já foram operadas aos olhos 3 milhões de pessoas em 35 países.

Na Escola Latino-Americana de Medicina de Cuba formaram-se 29.000 médicos de 105 países (mais de 1.000 oriundos de Timor-Leste).

Com o método SIM, EU POSSO, já foram alfabetizados 10 milhões e 600mil jovens e adultos em 30 países.

Através da sua indústria de biotecnologia Cuba produziu 5 vacinas contra a Covid-19, sendo o único país da América Latina a atingir esse objetivo.

O criminoso bloqueio continua e foi agravado por mais 243 medidas coercitivas por Trump, no contexto da pandemia. O atual presidente Biden, mantém intacto o bloqueio. Recentemente corrigiu algumas medidas impostas pelo seu antecessor. Aparentemente positivas, as medidas escondem obscuros objetivos que se enquadram na intenção de derrotar a Revolução Cubana

Mas o Povo Cubano, apesar das dificuldades que atravessa devido ao bloqueio e à situação internacional, derrotará, como sempre, as intenções terroristas do imperialismo norte-americano.

FIM AO CRIMINOSO BLOQUEIO!

CUBA PODE CONTAR SEMPRE COM A NOSSA SOLIDARIEDADE!

CUBA VENCERÁ!

Julho de 2022