FOTO: Granma (quadro de Kamyl Bullaudy)

 

Faz hoje, 19 de maio de 2022, 127 anos que José Marti ao comando de um pequeno contingente de patriotas cubanos, ao combater as tropas espanholas nas proximidades de Dos Rios, morreu em combate atingido pelo fogo inimigo.

O seu corpo, mutilado pelos soldados espanhóis, foi “exibido” perante a população e posteriormente sepultado no Cemitério de Santa Ifigenia (Santiago de Cuba), em 27 de maio do mesmo ano.

José Julián Marti foi político, intelectual, jornalista, filósofo e poeta, criador do Partido Revolucionário Cubano (PRC), dedicou a sua vida à escrita, à ação política, para ele a luta deveria ser por uma verdadeira transformação cubana em todos os aspetos: económico, político e social e pela independência de Cuba da colonização espanhola.

O seu pensamento ultrapassou as fronteiras da sua Cuba natal e adquiriu uma dimensão universal.

 

A Associação de Amizade Portugal-Cuba invoca a vida e obra deste grande revolucionário José Marti – El Apóstol.