O objectivo da iniciativa é denunciar o carácter extraterritorial e a violação do Direito Internacional pela aplicação do bloqueio, principal obstáculo ao desenvolvimento económico e social dos países sitiados, e flagrante violação dos direitos humanos dos seus povos, afirma a convocação

 

 

O Foro de São Paulo deu início a uma campanha para levantar o bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos contra Cuba — há mais de seis décadas — e outros países da América Latina e do Caribe.

A iniciativa Bloqueio não, solidariedade sim — Nossa América pela Vida vai até 23 de Junho, data em que será votada a resolução apresentada pela Ilha maior das Antilhas contra a política ilegal norte-americana.

O objectivo da conferência é denunciar o carácter extraterritorial e a violação do Direito Internacional devido à aplicação do bloqueio, principal obstáculo ao desenvolvimento económico e social dos países sitiados, e uma flagrante violação dos direitos humanos de seus povos, afirma a convocação.