O apoio da Venezuela foi reflectido novamente na segunda-feira em Caracas, durante uma reunião entre o presidente legítimo da nação, Nicolas Maduro, intelectuais nacionais e mais de 160 convidados internacionais de diferentes nações.

Autor: Ana Laura Palomino García

 

Foto: chancelaria venezuelana

 

O apoio à Venezuela reflectiu-se mais uma vez na segunda-feira em Caracas, durante um encontro entre o legítimo presidente da nação, Nicolás Maduro, com intelectuais nacionais e mais de 160 convidados internacionais de diferentes nações.

Durante o evento, realizado em homenagem aos "27 anos da histórica rebelião de Hugo Chávez", Maduro confirmou que estava aberto a um intercâmbio com a oposição. Ele também se manifestou contra as políticas do auto-intitulado Grupo de Lima e do Governo dos Estados Unidos, que estão a tentar provocar um golpe de Estado na nação sul-americana.

Na nova Carta Magna são as bases legais para o desenvolvimento do país e a essência do conceito de Revolução de Fidel.

Autor: Elba Salazar Cuba

Fevereiro de 2019

Foto: Endrys Correa Vaillant

 

A Magna Carta reflecte a tradição de 150 anos de luta pela soberania. 

Com a sua presença no dia 24 de Fevereiro nas urnas, o povo cubano ratificará a continuidade da Revolução e a vontade de proteger as conquistas sociais da Ilha; será este, além disso, o melhor tributo a José Martí, Fidel Castro e os heróis da Pátria, disse no sábado no município especial da Ilha da Juventude, Esteban Lazo Hernández, presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular.

Os laboratórios de guerra psicológica colocam em circulação através da Internet mentiras manipuladas para esconder o apoio do povo à sua Revolução e aos líderes

Autor: Iroel Sánchez 

Foto: Estudios Revolución

 

O povo dialoga, cumprimenta e agradece ao presidente durante os seus percursos pelas áreas afectadas. 

Armando Calderón foi um génio da minha infância e de cubanos e cubanas da minha geração. Todos os domingos, de manhã, nós sentávamos em frente à televisão para assistir às antigas comédias de filmes mudos às quais Calderón punha a voz.

Comité Internacional da Cruz Vermelha pede respeito pelo termo "humanitário"

O termo "humanitário" do CICV deve ser protegido pelos princípios fundamentais dessa organização.

 

ONU - O chefe da delegação do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) na Colômbia, Christoph Harnisch, disse que a instituição não participará da distribuição de qualquer assistência que chegue à nação nova-granadina a partir dos Estados Unidos, considerando que a "ajuda "não é humanitária.

"Nós não participamos do que não é para nós ajuda humanitária", disse ele.

Harnisch explicou que "estamos a falar de ajuda que um governo decide" e observou que, para o CICV, o termo "humanitário" deve ser protegido pelos princípios fundamentais dessa organização, como independência, imparcialidade e neutralidade.

A secretária geral da Federação das Mulheres Cubanas (FMC), Teresa Amarelle Boué, deu detalhes à imprensa sobre a celebração do 10º Congresso da organização, que acontecerá de 6 a 8 de Março, alguns dias depois de toda Cuba ter participado do referendo constitucional

Autor: Alejandra García 

Foto: José Manuel Correa

 

A nova Constituição reconhece as conquistas das mulheres cubanas.

«Temos a certeza de que os cubanos apoiarão o processo constitucional e o 10º Congresso da Federação das Mulheres Cubanas (FMC), que acontecerá na capital, de 6 a 8 de Março, será o cenário perfeito para celebrar o grande triunfo da nova Constituição», disse a secretária geral dessa organização, Teresa Amarelle Boué, num encontro com a imprensa.

«Estamos às vésperas do referendo constitucional, um momento importante em que o povo irá às urnas, para apoiar a nova Carta Magna», disse Amaralle Boué, também membro do Secretariado Político do Partido Comunista de Cuba.

«A FMC sente-se honrada em acompanhar este processo com os preparativos do seu 10º Congresso», acrescentou.