A 24ª edição do Foro de São Paulo, que se realizará de 15 a 17 de julho em Havana, será dedicado a Fidel Castro e à luta pela integração latino-americana e caribenha, anunciou o comité organizador.

As ideias e o pensamento do líder da Revolução cubana sobre a importância da integração entre os povos mantêm-se vigentes, e o evento será propício para reunir critérios na busca de alternativas para fortalecer a luta nesse sentido, afirmaram.

Numa conferência de imprensa, Idalmis Brooks, do Departamento de Relações Internacionais do Comité Central do Partido Comunista de Cuba, afirmou que os participantes nessa reunião dialogarão sobre os temas urgentes da América Latina e do Caribe, a necessidade da unidade dos povos e do diálogo entre os movimentos sociais e os partidos políticos.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, afirmou que o governo do seu país está conseguindo furar o bloqueio económico imposto pelos Estados Unidos através de novas alianças económicas com países como a China, Rússia, Índia, Turquia, a cooperação Sul-Sul e a Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (Alba).

“Rompemos o bloqueio com uma inteligência e com uma visão estratégica, não vamos permitir que se imponha a visão unilateral, unipolar dos Estados Unidos”

Jorge Arreaza, mencionou a aliança que mantém com as 120 nações que formam o Movimento de Países Não Alinhados (Mnoal), cuja presidência temporária é ocupada pela Venezuela.

Arreaza  referiu-se à diversificação da política externa conseguida pelo líder da Revolução Bolivariana, Hugo Chávez, e pelo presidente da República, Nicolás Maduro, quando foi ministror, a qual foi fundamental para enfrentar os constantes ataques internacionais contra a Venezuela.

A Grande Missão Moradia Venezuela atingiu a meta de 2 milhões e 100 mil lares construídos desde 2011, informou o ministro de Habitação e Moradia, Ildemaro Villarroel.

Durante o balanço semanal do órgão Superior da Moradia, o titular assinalou que foram entregues nesta quinta-feira, dia 13 de Junho, 170 casas na urbanização Terraços do Sol, no estado de Sucre.

Destacou que até a data as autoridades atribuiram 999 mil e 945 títulos de terra urbana, para garantir a segurança jurídica sobre a propriedade dos terrenos.

Villarroel acrescentou que o Executivo bolivariano reabilitou 690 mil e 674 casas como parte da missão Bairro Novo Bairro Tricolor, outro dos projetos estatais dirigidos a potencializar o fundo habitacional da nação sul-americana.

Santa Clara - Cubanos de diversas gerações renderam homenagem no dia 14,  ao general independentista Antonio Maceo e ao símbolo revolucionário Ernesto Che Guevara no aniversário 173 e 90 anos dos revolucionários, respectivamente.

Milhares de pessoas participaram numa peregrinação a partir  de um parque dedicado a Maceo (14 de junho de 1845-7 de dezembro de 1896) até ao monumento que honra o guerrilheiro argentino-cubano (14 de junho de 1928-9 de outubro de 1967), onde teve lugar a cerimónia central de homenagem.

Convidado pela Comissão Europeia, o Ministro da Cultura de Cuba, Abel Prieto Jiménez, deu hoje uma palestra no encontro " O património cultural e a criatividade através das lentes das mulheres ", que se realizou em Bruxelas, nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento.

No fórum, que  compartilhou com o Diretor Geral de Cooperação Internacional e Desenvolvimento da União Europeia, Stefano Manservisi; o Subdiretor-Geral da UNESCO para Assuntos Africanos, Edouard Matoko e a cantora belga de origem congolesa Marie Daulne, entre outros, o tema principal referia-se ao processo de integração da sociedade das mulheres cubanas e em particular ao seu papel na criação artística.

Prieto Jiménez também abordou a política cultural da Revolução Cubana, visando preservar a memória, as tradições e a identidade da nação, bem como salvaguardar a extraordinária herança cultural.