Discurso proferido pelo presidente da República de Cuba, Miguel Diaz-Canel Bermúdez, na 18ª Cúpula do Movimento dos Não-Alinhados, realizada em Baku, Azerbaijão, em 25 de Outubro de 2019

Autor: Miguel Díaz-Canel Bermúdez | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro, 2019

Foto: Twitter

 

Estimado presidente Ilham Aliyev,

Ilustres chefes de Estado e de Governo,

Delegados e convidados:

Com sincera emoção, estou grato pela calorosa recepção que nos foi dada pelo povo e pelo governo da República do Azerbaijão, aos quais nos juntam 27 anos de relacionamentos ininterruptos. Foi uma viagem longa, mas essencial.

Chegamos à bela e próspera Baku, depois de viajar mais de 11.300 quilómetros, rompendo o cerco do bloqueio — que nos últimos meses se intensificou brutalmente — porque os sérios desafios actuais exigem que retoquemos o papel que, como o movimento que agrupa a maioria do planeta, corresponde aos Não-alinhados na arena internacional.

Mais uma vez, tal como em 1961, é crucial que trabalhemos juntos, ligados aos princípios fundadores de Bandung, para a paz e o desenvolvimento dos povos. Porque é nossa responsabilidade como políticos e porque ninguém fará isso por nós.

A OEA, como era esperado, alinhou-se com os perdedores e optou por questionar o sistema de votação e a lei eleitoral que diz literalmente que «o candidato é declarado vencedor por exceder em dez pontos percentuais o seu oponente mais próximo».

Autor: Elson Concepción Pérez | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro, 2019

Evo Morales comemora sua terceira reeleição como presidente do Estado Plurinacional da Bolívia.

Foto: Tirada da Internet

 

A vitória irreversível de Evo Morales nas recentes eleições na Bolívia (46,38% dos votos para Evo e 36,03% para Carlos Mesa, com 98,35% dos minutos registados), trouxe à tona qual é o papel da OEA e de Washington nesta campanha para desestabilizar os governos populares ou de esquerda e devolver os assentos, mesmo que sejam perdedores, àqueles que levantam as bandeiras do neoliberalismo e da submissão aos Estados Unidos.

Oferendas florais do general-de-exército Raúl Castro, primeiro secretário do Partido e do povo de Cuba foram depositadas em Yaguajay. Declarado Monumento Nacional o Complexo Histórico em memória do Senhor da Vanguarda

Autor: Susana Antón | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Autor: Juan Antonio Borrego | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro, 2019

Foto: Endrys Correa Vaillant

 

«Que a Revolução ainda está viva e que o seu povo nunca assuma a palavra rendição é a melhor homenagem que podemos fazer ao Senhor da Vanguarda, disse em 28 de Outubro Susely Morfa, primeira secretária do Comité Nacional da União dos Jovens Comunistas (UJC), no acto do 60º aniversário do desaparecimento físico de Camilo Cienfuegos, realizado na capital.

Nas eleições, mais de 80% dos eleitores participaram

Autor: Redação Internacional | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro, 2019

Foto: Reuters

 

O candidato da Frente de Todos, Alberto Fernández, já é o presidente da Argentina, superando o até então presidente do país sul-americano Mauricio Macri. Com mais de 96,2% das assembleias de voto examinadas, Fernández e sua parceira de fórmula, Cristina Fernández de Kirchner, alcançaram 48,03% dos votos para 40,44 do macrismo, segundo o site da Câmara Nacional Eleitoral da Argentina.

A Prima Ballerina Assoluta, do Balé Nacional de Cuba, nossa Alicia Alonso, glória da dança universal, deixou-nos um vazio enorme, mas também um legado intransponível

Autor: Madeleine Sautié | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro, 2019

Foto: Tomada de Arquivo

 

Na sua existência iluminada, ela assumiu a posição política que aponta para o lado do bem e da justiça.

Como grandes espaços desérticos — o mesmo que uma cena desolada do que uma alma oca por causa da perda — sentimos o ânimo com o adeus definitivo que nos deu em 17 de outubro a Prima Ballerina Assoluta do Ballet Nacional de Cuba, a nossa Alicia Alonso, glória da dança universal, que sempre colocava, tão alto quanto as palmeiras, o nome da sua terra natal.