O presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez, durante sua visita a Nova York no mês passado, no seu discurso perante mais de 150 cubanos residentes nos Estados Unidos, disse que os emigrantes cubanos de todo o mundo contribuem decisivamente para as lutas e os interesses que nossa nação defende.

Autor: Daina Caballero Trujillo | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro 22, 2018

«Contamos com vocês. Somos Cuba» foi a mensagem com a qual o presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez concluiu o seu discurso dirigido a mais de 150 cubanos residentes nos Estados Unidos durante sua visita, no mês passado, em Nova York. Os emigrantes cubanos em todas as partes do mundo dão uma contribuição decisiva em favor das lutas e interesses que nossa nação defende.

Essa mensagem também foi lembrada por Ernesto Soberón Guzmán, director dos Assuntos Consulares e de Cubanos residentes no Exterior, do Minrex, no seu discurso no 13º Encontro Regional de Cubanos na Europa.

«Permitam-me reafirmar que o fortalecimento dos laços entre a nação cubana e seus nacionais no exterior é contínuo e irreversível», afirmou Soberón.

Na noite de terça-feira, 23 de Outubro, a Missão Permanente dos Estados Unidos na ONU distribuiu um conjunto de oito emendas à resolução cubana contra o bloqueio, declarou o ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla, numa entrevista colectiva no Ministério das Relações Exteriores

Autor: Daina Caballero Trujillo | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro 25, 2018

Photo: Cubaminrex

 

Os Estados Unidos iniciam uma nova manobra política contra Cuba. Esta é outra escaramuça infundada e absurda para enfraquecer o apoio dado anualmente pela comunidade internacional em relação à apresentação do Projecto de Resolução «Necessidade de acabar com o bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos contra Cuba».

«Na noite da terça-feira, 23 de Outubro, a Missão Permanente dos Estados Unidos na ONU distribuiu um conjunto de oito emendas à resolução cubana contra o bloqueio», disse o ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla, em entrevista colectiva no Ministério das Relações Exteriores.

«Essas emendas abrangem basicamente aspectos relacionados aos objectivos de desenvolvimento da agenda das Nações Unidas de 2030 e aos elementos associados aos direitos humanos, uma questão em que o governo dos Estados Unidos está determinado a desacreditar Cuba, sem sucesso».

Desde 1942, a máfia baseada em Cuba interagia com os serviços especiais dos Estados Unidos e com os governos corruptos da época, prestando grandes serviços na manipulação de situações políticas complexas, na repressão dos trabalhadores e do movimento revolucionário na Ilha e em diferentes conjunturas

Autor: Francisco Arias Fernández | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outubro 18, 2018

Autor: Alejandra García Elizalde | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

25 de Outubro de 2018

«A milíciana». Foto: Korda, Alberto

 

Entre a multidão daquele 1º de Maio de 1962, um jovem fotógrafo focou o rosto ainda adolescente de Idolka Sánchez, enquanto desfilava em frente ao Memorial José Martí, em Havana.

Ela, uma das quase 2.000 milicianas do batalhão feminino Lídia Doce, viu-o aproximar-se com a câmara na mão. Ele não parecia se importar com mais nada, como se a tivesse visto de longe e não quisesse deixá-la ir sem prender obsessivamente a sua imagem. Ele escolheu-a.

"Suba a arma!" Ordenou o homem que tinha acabado de ouvir o seu nome, Korda, o mesmo que em Março de 1960 imortalizou o rosto de Che com cabelo ao vento, durante o funeral das vítimas do bombardeio ao Vapor La Coubre A ordem foi seguida por vários cliques da sua câmara e, em questão de segundos, desapareceu.

Ricardo Cabrisas reuniu-se com o conselheiro estadual do Governo Chinês

Autor: Granma | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

25 de Outubro de 2018

Foto: Granma, Vice-presidente cubano agradeceu a posição inequívoca do governo chinês contra o bloqueio.

 

O vice-presidente do Conselho de Ministros, Ricardo Cabrisas Ruiz, reuniu-se na manhã de quinta-feira, como parte da sua visita de trabalho à República Popular da China, com o Conselheiro de Estado e Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, na sede do Partido e do governo chinês Zhongnanhai.

Numa atmosfera cordial e amigável, ambas as partes trocaram impressões sobre o progresso das relações bilaterais e registaram satisfação com a troca de visitas de alto nível tendo as mesmas fortalecido o diálogo e a confiança política mútua entre os dois países. Também referiram que as relações entre Cuba e a China continuem a consolidar-se como um exemplo de cooperação entre os dois países socialistas com base na igualdade, respeito e benefício mútuo.