As políticas de incentivo à criação audiovisual e cinematográfica são o resultado de um longo processo de análise entre os criadores, o Instituto Cubano da Arte e Indústria Cinematográficas (Icaic), do Ministério da Cultura e numerosos especialistas de outras agências

Autor: Madeleine Sautié/Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho 2019


Photo: Dunia Álvarez Palacios

 

Ramón Samada, diretor do ICAIC

O Decreto-Lei n.º 373 «Do criador audiovisual e cinematográfico independente» foi aprovado pelo Conselho de Estado, em 25 de março de 2019, e desde hoje é registrado na Gazeta Oficial da República de Cuba.

As políticas de incentivo à criação audiovisual e cinematográfica são o resultado de um longo processo de análise entre os criadores, o Instituto Cubano da Arte e Indústria Cinematográficas (Icaic), do Ministério da Cultura e numerosos especialistas de outras agências. Para esclarecer os elementos que ligam o resultado final desse objetivo, o Granma Internacional conversou com Ramón Samada Suárez, presidente do Icaic, que falou sobre seu histórico.

«A transformação progressiva do cinema analógico para o digital abriu novas possibilidades para a criação de filmes. No nosso país, esse processo ocorre desde a década de 1980 até o início deste século, onde a produção audiovisual e cinematográfica se consolida digitalmente. Este processo socializou e diversificou as formas de fazer filmes com a participação de muitos criadores de forma independente».

O presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez afirmou que Cuba não renunciará a um socialismo próspero e sustentável, na primeira das Mesas Redondas dedicada a oferecer detalhes sobre as medidas recentemente adotadas pelo Conselho de Ministros.

Autor: Nuria Barbosa León | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Autor: Yisel Martínez García | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Autor: Vivian Bustamante Molina | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Autor: Yudy Castro Morales | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Autor: Yenia Silva Correa | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho, 2019

Photo: Estudio Revolución

 

Uma revolução como esta só pode ser sustentada pelo amor do povo. Esse amor é a Revolução em si, disse o presidente cubano.

O Presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez; e os ministros da Economia e Planejamento, Alejandro Gil Fernández; das Finanças e Preços, Meisi Bolaños Weiss; e do Trabalho e da Previdência Social, Margarita González Fernández, compareceram na primeira das Mesas Redondas dedicada a fornecer detalhes sobre as medidas recentemente adotadas pelo Conselho de Ministros.

No programa de televisão, que contou com a presença de membros do Conselho de Ministros, e do secretariado do Comité Central do Partido, Díaz-Canel valorizou as decisões económicas anunciadas, tendo em conta as dificuldades cada vez mais numerosas, derivadas das medidas impostas pela administração dos EUA.

«Estamos a partir da situação atual em que vivemos, da situação actual, marcada pela perversidade e pelo conjunto cada vez mais numeroso de dificuldades impostas ao nosso povo todos os dias pela actual política da administração do governo dos Estados Unidos», denunciou o líder cubano

O presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez proferiu um discurso aos escritores e artistas cubanos, na cerimónia de encerramento de seu congresso, onde foi dado um presente ao general-de-exército Raúl Castro Ruz, que enviou uma calorosa saudação a todos os delegados

Autor: Madeleine Sautié | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho 1, 2019

 

A certeza de que a liderança do país pode contar com uma União dos Escritores e Artistas (Uneac) comprometida com a Revolução e com os pensamentos de Fidel e Raúl, validou a segunda e última sessão de trabalho do 9º Congresso dessa organização, cujos membros elegeram para a sua actual direcção uma equipe liderada por Luis Morlote Rivas, na qualidade de presidente.

As ordens José Martí e Agostinho Neto foram concedidas em nome dos povos cubano e angolano

Autor: Bertha Mojena Milián/Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho de 2019

Foto: Estudos da Revolução

 

Assim como um dia foi recebido pelo líder histórico da Revolução Cubana, foi conferido por seus extraordinários méritos ao General do Exército Raúl Castro Ruz, Primeiro Secretário do PCC, a Ordem Agostinho Neto.

A Ordem José Martí, a mais alta honra concedida pelo Conselho de Estado da República de Cuba, foi imposta na segunda-feira ao presidente da República de Angola, João Manuel Gonçalves Lourenço, que, por sua vez concedeu em nome de seu povo e seu partido, a Ordem Agostinho Neto ao Primeiro Secretário do Comité Central do Partido Comunista de Cuba, General do Exército Raul Castro Ruz; o Presidente dos Conselhos de Estado e Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez; os generais do Corpo de Exército Leopoldo Cintra Frias e Ramón Espinosa Martín, vice-ministro das FAR e, respectivamente, e título post-mortem, o brigadeiro-general Raul Diaz Arguelles.

O Conselho de Ministros aprovou um conjunto de medidas para impulsionar a economia, incluindo um aumento do salário no sector e pensões, que beneficiarão mais de 2,7 milhões (2.750.000) pessoas

Autor: Leticia Martínez e Yaima Puig Meneses/Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Junho, 2019

 

Photo: Dunia Álvarez Palacios

 

O Conselho de Ministros, chefiado pelo seu presidente, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, aprovou várias medidas com vista a promover uma estratégia económica baseada na maximização das capacidades internas e do potencial humano do país.