O dr. Francisco Durán García, director nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, comunicou à imprensa que será reduzida a entrada de visitantes dos Estados Unidos, México, Panamá, Haiti, Bahamas e República Dominicana

Foto: Ricardo López Hevia

 

Autoridades da Saúde e dos Transporte informaram na segunda-feira, 28 de Dezembro, um conjunto de medidas que Cuba aplicará a partir do dia 1º de Janeiro, com o objectivo de conter o aumento da incidência da Covid-19 no país, associada a viajantes internacionais.

 

Mercedes Vázquez González, directora de Transporte Aéreo e Relações Internacionais do Instituto da Aeronáutica Civil de Cuba (IACC), explicou que as companhias aéreas foram notificadas, ambas da entrada em vigor, a partir de 10 de Janeiro, da obrigação de transportar o resultado negativo do teste de PCR, bem como do reajuste dos voos das referidas origens; um rearranjo que é temporário, e consistirá em regular a frequência das viagens em dias, horas e aeroportos, e assim reduzir as operações.

Para atender aos viajantes que, devido ao reajuste, se encontram retidos em Cuba ou nesses países, as companhias aéreas solicitarão autorização para realizar voos humanitários.

Durán García acrescentou que, na actualização dos protocolos, se mantém, para o viajante internacional que não tem o estatuto de turista, a realização do teste de PCR no aeroporto e no quinto dia no local de estada; onde permanecerá, enquanto o resultado estiver, sob vigilância epidemiológica e sujeito a restrição de movimento, cujo cumprimento será rigorosamente observado pelas autoridades sanitárias e pelas organizações de massa.

O Dr. Durán García indicou que estão asseguradas as capacidades de acomodação para os viajantes cubanos residentes no país que não tenham condições em suas casas ou parentes para cumprir o isolamento domiciliário. Da mesma forma, é garantido o funcionamento de centros de isolamento com condições de hotelaria para quem decidir assumir o pagamento do serviço de alojamento.

NOTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE PÚBLICA DE CUBA

A chegada de viajantes internacionais gerou um aumento nos casos importados da Covid-19 e seus contactos com outras pessoas, representando 71,5% do total de casos detectados nas últimas semanas. A grande maioria está associada a cidadãos cubanos vindos dos Estados Unidos, México, Panamá, Haiti, República Dominicana e Bahamas, entre outros.

Levando em consideração esses elementos, a actual situação epidemiológica nacional, regional e internacional e a necessidade de se tomar um conjunto de medidas que possibilitem a redução dos casos da Covid-19 no país, decidiu-se reduzir a entrada de viajantes dos Estados Unidos, México, Panamá, Bahamas, Haiti e República Dominicana, a partir de 1º de Janeiro de 2021, para o qual as autoridades da Aviação Civil cubana reajustaram os detalhes necessários com as companhias aéreas. Assim que a situação epidemiológica permitir, a frequência dos voos será restaurada gradativamente.

Por sua vez, e conforme já referido, decidiu-se estabelecer como requisito obrigatório para a entrada no nosso país de todos os viajantes internacionais, a realização de um teste de PCR com resultado negativo para a Covid-19, 72 horas antes de começou a viagem. Esta medida entrará em vigor a partir de 10 de Janeiro de 2021.

Após a chegada a Cuba, os protocolos de saúde actualmente estabelecidos continuarão a ser implementados; que incluem a realização de um novo teste PCR na fronteira e, no caso de viajantes internacionais que não cheguem como turistas, outro teste PCR cinco dias após a sua chegada.

Como parte do enfrentamento a esta pandemia, e tendo como premissa fundamental o dever de garantir a saúde de nossa população e dos viajantes internacionais que nos visitam, as autoridades sanitárias cubanas continuarão a aplicar com rigor os protocolos sanitários estabelecidos, mantendo ao mesmo tempo uma monotorização sistemática e detalhada da incidência de casos importados na transmissão da doença.

Extractos da informação recolhida

Autor: Susana Antón | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Dezembro 29, 2020