Quando a política de construção de moradias vai já no seu segundo ano, é ratificada como um dos programas prioritários do país, por seu alcance para o benefício da população e o que contribui para o desenvolvimento local

 

Foto: Ortelio González Martínez

 

A essa relevância presidiu a avaliação das acções para a implementação da política nacional desse importante programa, que neste ano inclui 47 mil moradias.

Durante uma videoconferência com os governadores e o intendente do município especial Isla de la Juventud, que acompanhou presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, o vice-presidente Salvador Valdés Mesa e o primeiro-ministro Manuel Marrero Cruz.

Díaz-Canel realçou as possibilidades deste programa nacional, pelo que representa na qualidade de vida das pessoas, o qual leva a fomentar mais centros locais de produção de materiais da construção, que permitam concretizar o objectivo de um dia se produzirem todos os componentes de que precisa uma moradia. Afirmou que é possível cumprir o plano geral de construção de moradias, embora, com maior força, pela via do esforço próprio.

Segundo o site da Presidência, o chefe de Estado indicou equilibrar bem os recursos disponíveis, definir seus destinos e como os vamos levar àqueles locais para potencializar o acabamento das chamadas células básicas, devido ao amplo benefício que têm para as famílias.

Como outra prioridade, exigiu criar todas as condições para assegurar o plano de construção de moradias do ano próximo, que, afirmou, tem que ser superior ao actual. Incluiu, entre as prioridades, um estudo parcial dos edifícios da capital para ver, disse, como podemos fazer uma projecção diferenciada, de forma a atenuar um pouco mais esse grande problema.

Vivian Rodríguez, directora geral da Habitação, informou que o programa se vem cumprindo em 90%, e inclui os planos estatais, subsídios e as moradias construídas com esforço próprio, esta última com melhores resultados. Desde 2012 e até à data esta pendentes de acabamento,

mais de 12 mil células básicas com financiamento outorgado, e em construção existem umas 8.264 em diferentes etapas de construção, assegurou.

Informação, Granma