No Fórum dos países da América Latina e o Caribe sobre desenvolvimento sustentável, Cuba ractificou o seu compromisso com a Agenda 2030 e a confiança na ONU

 

Foto: Cubaminrex

 

Cuba ratificou, em 15 de Julho, seu compromisso com a Agenda 2030, com a sua proclamação como Zona de Paz, bem como a sua confiança no bom desempenho do sistema das Nações Unidas para acompanhar os países na busca de um mundo melhor.

Assim expressou o ministro cubano do Comércio Exterior e do Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca Díaz, durante o segmento Fóruns Regionais, Mensagens Chaves, numa reunião virtual do Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável, evento organizado pelo Departamento dos Assuntos Económicos e Sociais do Conselho Económico e Social das Nações Unidas.

Salientou o ministro, que o momento e o senso comum impõem deixar de lado as diferenças políticas e unidos procurar soluções, mediante a cooperação e a solidariedade internacionais. Nesse sentido, ofereceu aos países que solicitarem, a experiência cubana no combate ao novo coronavírus.

De acordo com Malmierca, «somente a minoria das metas foram cumpridas ou perto de ser cumpridas, e conseguir o avanço das restantes metas vai requerer de maiores intervenções de política e uma transformação dos modelos actuais de desenvolvimento».

Explicou que os países da nossa região estão a enfrentar estes desafios a partir de uma posição desvantajosa, devido ao baixo desempenho económico dos últimos anos.

O ministro da Ilha maior das Antilhas enfatizou que, perante essas circunstâncias, somente uma resposta articulada entre países, em todos os níveis, pode parar e contestar os profundos efeitos desta pandemia, que não distingue entre fronteiras ideologias ou patamares de desenvolvimento.

Malmierca destacou que hoje, mais do que nunca, a Nossa América continua a apostar num multilateralismo renovado e fortalecido. E acrescentou que a paz e a segurança regionais também são requisitos essenciais destes tempos.

Explicou em detalhes que para cumprir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável é imperativo adoptar medidas para o reforço dos sistemas financeiros, monetários e fiscais, fortalecer os sistemas de protecção social e aplicar acções preventivas de adaptação e mitigação da emergência ambiental, tudo isso, sem descurar a atenção aos países em situações especiais.

Extratos da noticia do Autor: Milagros Pichardo | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho, 2020