Imprimir
Categoria: Notícias de Imprensa

707

Sentimos grandes emoções hoje na cidade italiana de Crema durante o evento organizado por suas autoridades para agradecer a ajuda prestada pelos colaboradores de saúde cubanos contra o Covid-19.

A Piazza del Duomo central foi palco do tributo prestado aos 52 membros da brigada médica, que cumpriram a nobre missão juntamente com seus colegas italianos durante dois meses.

Os 36 médicos, 15 enfermeiros e um especialista em logística foram reconhecidos na praça, em pé, com suas máscaras de protecção facial e respeitando a distância de segurança estabelecida para evitar contágio.

As autoridades regionais e locais presidiram a actividade em que também participaram o embaixador cubano na Itália, José Carlos Rodríguez, o cônsul geral em Milão, Llanio González, e o presidente da Associação Nacional da Amizade Itália-Cuba (Anaic). Irma Dioli.

As figuras centrais da homenagem foram o Secretário de Saúde e Bem-Estar do governo da região da Lombardia, Giulio Gallera, o prefeito de Crema, Stefanía Bonaldi e o embaixador, que acompanharam de perto o trabalho da brigada liderada pelo Dr. Carlos Ricardo Pérez.

Prefeitos de cidades vizinhas, representantes das instituições que compõem o governo municipal e o clero, bem como o grande público reunido além das barreiras de protecção, também compareceram.

Com os hinos nacionais de Cuba e Itália, começou a actividade em que o embaixador agradeceu a iniciativa, ao mesmo tempo em que expressava especial apreço pelo pessoal de saúde italiano pelo papel desempenhado no enfrentamento da epidemia. Da mesma forma, os outros oradores falaram, que expressaram sua gratidão a Cuba por ter ajudado a Itália em tempos de grande necessidade e elogiaram o trabalho dos médicos e enfermeiras.

Nesse sentido, Irma Dioli agradeceu a Crema, seu povo e governo, pelas boas-vindas e amizade demonstradas aos membros da brigada, e concordou com o secretário Gallera, descrevendo a presença de colaboradores de saúde cubanos naquela cidade como um evento. histórico mundial.

Mais de cinco mil atendimentos médicos, três mil 668 de enfermagem e 210 de alta médica endossam a contribuição dos profissionais das Antilhas no principal hospital da cidade, em outra campanha e em uma residência de saúde com idosos com doenças de Covid- 19 associados.

Desde a chegada deles à cidade lombarda, com cerca de 34 mil habitantes, a presença dos membros da brigada cubana foi recebida com inúmeras expressões de agradecimento e carinho, que se multiplicaram com o passar dos dias a ponto de serem considerados hoje 'amigos'. para sempre'.

(Roma, 23 de Maio (Prensa Latina)