Imprimir
Categoria: Notícias de Imprensa

Mais de vinte organizações europeias apoiam proposta de entregar Prémio Nobel da Paz às brigadas médicas cubanas

Autor: Milagros Pichardo | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Maio, 2020

Foto: Endrys Correa Vaillant

 

Mais de vinte organizações europeias apoiam proposta de entregar Prémio Nobel da Paz às brigadas médicas cubanas do Contingente Henry Reeve, por sua contribuição ao confronto global à Covid-19.

Lançada em 28 de Abril pelas associações Cuba Linda e França-Cuba, até este momento a iniciativa recebeu o apoio de grupos de solidariedade, forças políticas e sindicatos da França, Espanha, Irlanda e Itália e por volta de um milhar de internautas na página do Facebook Prix Nobel de La paix pour lês brigades médicales cubaines Henry Reeve.

Alguns dos defensores do reconhecimento aos médicos cubanos advogam a alargar a campanha e criar um comité internacional.

Nos últimos dias aderiram ao pedido a União Departamental da Confederação Geral do Trabalho da França de Bocas de Ródano; o Comité de Toulouse França-Cuba, as espanholas Euskadi Cuba, Cubainformación.TV, os comunistas da Catalunha e a Associação Nacional de Amizade Itália-Cuba.

Na França também recebe o apoio de Cuba Cooperação França, Cuba Sim França, Ardennes-Cuba, Montpelier Cuba Solidariedade, Círculo Bolivariano de Paris, Crianças de Cuba Marselha, Raízes Cubanas da França, ARAC-Cuba- Solidariedade, o Grupo de Amizade França-Cuba na Assembleia Nacional e o Partido Comunista Revolucionário da França.

Aderiram também os Amigos de Cuba em Charente Marítimo, o Movimento contra o Racismo e pela Amizade entre os Povos, o Comité Parisiense de Solidariedade com Lula, o Agrupamento Comunista e a célula do Partido dos Trabalhadores Brasileiros em Paris.

E de outros recantos do mundo assinaram a proposta o Comité Internacional Paz, Justiça e Dignidade para os Povos, a ALBA-TCP, o Grupo de Apoio a Cuba (Irlanda) e a Associação Valenciana de Amizade com Cuba José Martí (Espanha).