A evolução dos três pacientes confirmados é favorável e, até ao momento, a vida de nenhum deles está em perigo

Autor: Redação Digital | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Março, 2020

 

Na província de Sancti Spíritus, é elaborada a estratégia para o tratamento de casos suspeitos, que varia desde o empoderamento de consultas especializadas em todas as instituições de saúde até a disponibilidade para isolamento. Foto: José Alberto Rodríguez

O nosso país está a preparar o confronto com a pandemia causada pelo aparecimento do novo coronavírus, que afecta hoje mais de cem países e causou um número considerável de doentes e falecidos.

Como resultado da implementação do Plano Nacional de Prevenção e Controle desta doença, e da intensa vigilância das síndromes respiratórias, casos suspeitos foram identificados e registrados. Em 10 de Março de 2020, foram identificados quatro turistas italianos com sintomas respiratórios que estavam hospedados num albergue na cidade de Trinidad, na província de Sancti Spíritus, e que chegaram ao aeroporto internacional José Martí em Havana na segunda-feira, 9 de Março, viajando no mesmo dia para Trinidad. Eles foram imediatamente admitidos no Instituto de Medicina Tropical Pedro Kourí (IPK).

Em 11 de Março de 2020, o Laboratório Nacional de Referência do IPK relatou que três dos quatro turistas isolados desde o dia 10 eram positivos para o Novo Coronavirus SARS CoV-2.

Acções de vigilância e controle epidemiológico são realizadas em pessoas identificadas como contactos, que permanecem assintomáticas.

A evolução dos três pacientes confirmados é favorável e nenhum até o momento apresenta risco de vida.

Março, 2020