A Central dos Trabalhadores de Cuba convocou uma acção de jornada nacional de trabalho voluntário, para marcar o início das diversas iniciativas que se realizarão no 1º de Maio em Cuba.

A jornada realizar-se-á nos dias 31 de março e 1 de abril e tem como objecivo o desempenho de ações úteis e necessárias na produção e nos serviços, tais como: obras de construção e reconstrução, agricultura, safra açucareira, trabalhos industriais e no cultivo de diversos produtos.

Esta iniciativa abrangerá também, o setor do turismo, higienização e limpeza de instituições e comunidades.

Além da celebração do Dia Internacional dos Trabalhadores, esta mobilização é também dedicada ao 46º aniversário da União de Jovens Comunistas e da Organização de Pioneiros José Martí, bem como à vitória na Praia Girón, primeira grande derrota do imperialismo na América Latina.

Esta iniciativa servirá também, para demonstrar, em termos práticos, a liderança e a capacidade de mobilização do movimento operário e dos seus jovens.

Fonte - Prensa Latina