Às primeiras horas da passada sexta-feira, 31 de Julho, faleceu o camarada Eusebio Leal Spengler, vítima de doença prolongada.

Eusebio Leal nasceu na sua bem-amada Havana no dia 11 de Setembro de 1942.

Doutorou-se em ciências históricas na Universidade de Havana em 2000 e era Mestre em estudos latino-americanos, caribenhos e de Cuba e especialista em ciências arqueológicas

Estudou na Universidade de Havana onde se licenciou em história.

Prosseguiu com Estudos de Terceiro Grau em Itália versando sobre a restauração de centros históricos graças a uma bolsa concedida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Italiana.

Membro do Comité Central do Partido Comunista de Cuba desde o 4º congresso - 1991

Deputado na Assembleia Nacional do Poder Popular nas IV, V, VI, VII, VIII e IX legislaturas

Embaixador de Boa Vontade na Organização das Nações Unidas

Começou a trabalhar em 1959 na Administração Metropolitana de Havana e em 1967 foi nomeado director do Museu da Cidade de Havana, sucedendo ao Dr Emilio Roig de Leushenring, de quem era discípulo.

Embora possa parecer um jogo de palavras, esse nível Zero solidificado é o que nos permite celebrar o Zero absoluto hoje. Um Zero que, com a permissão dos matemáticos sábios, desta vez não é vazio. É um zero em Cuba atravessada por um arco-íris

 

Foto: Ricardo López Hevia

 

O Dr. Durán anunciou zero casos na segunda-feira, 20 de Julho. Em quase 3.000 testes PCR não positivos. Finalmente o número mágico havia chegado. Eu rio sozinho porque acho raro comemorar o Zero como vitória.

Na reunião mais recente do Conselho de Ministros o presidente Miguel Díaz-Canel indicou que «agora vamo-nos concentrar na produção de alimentos, na soberania alimentar e nutricional, que traz importantes transformações»

 

Foto: Germán Veloz Placencia

 

Este tema adquire especial relevo no contexto cubano actual, daí que os investimentos que continuarão a incrementar os hectares de terra cultivada sob irrigação, a necessidade de resolver o deficit de força de trabalho a partir do potencial humano local, os rendimentos produtivos das áreas e a vinculação dos homens a estas, estiveram entre os assuntos «tocados com as mãos» pelo vice-presidente da República de Cuba, Salvador Valdés Mesa, quem contactou com as direcções e trabalhadores de entidades agrícolas de Mayarí, na província de Holguín.

No Fórum dos países da América Latina e o Caribe sobre desenvolvimento sustentável, Cuba ractificou o seu compromisso com a Agenda 2030 e a confiança na ONU

 

Foto: Cubaminrex

 

Cuba ratificou, em 15 de Julho, seu compromisso com a Agenda 2030, com a sua proclamação como Zona de Paz, bem como a sua confiança no bom desempenho do sistema das Nações Unidas para acompanhar os países na busca de um mundo melhor.

Desde a explosão rítmica com sabores cubanos da Orquestra Filarmónica de Jazz de Chicago regida por Orbert Davis até o convite para a dança de Alexander Abreu, as músicas de um lado para o outro uniram-se para testemunhar os muitos e proveitosos pontos de contacto entre culturas de povos vizinhos

 

Foto: Internet

 

Seis horas de música devem bastar para que na Casa Branca, no Departamento de Estado e na sede da máfia anticubana na Flórida entendam de uma vez por todas que existem razões entre os povos dos Estados Unidos e Cuba e sentimentos por convivência amigável e não por ódio.