Sujeitos mascarados, armados com morteiros e bazucas caseiras bloqueiam as avenidas, fecham as principais ruas, atacam instituições públicas, queimam pneus, ateiam fogo, saqueiam e matam.

Autor: Raúl Antonio Capote | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Julho 12, 2018 18:07:54

 

Os jovens da Nicarágua foram vítimas de manipulação política e dos média. Foto: www.elpreg.com

 

Até o momento, aproximadamente 170 pessoas morreram na Nicarágua, vítimas do caos e da violência. Uma forte campanha na comunicação social acompanha os eventos e, mais do que acompanhá-los, dinamiza-os, multiplica-os, falsifica-os sem pudor.

 

Foi a maior manifestação nos últimos dez anos, que percorreu Caracas durante mais de 6 horas.

É a resposta do Povo Venezuelano à tentativa de magnicídio do Presidente Nicolas Maduro e de assassinato de altos comandos militares, dirigentes governamentais e do corpo diplomático que estavam presentes nas comemorações dos 91 anos da Guarda Nacional Bolivariana.

O Imperialismo Americano e seus aliados, nomeadamente a Colômbia, não desistem de derrubar a Revolução Bolivariana com o objectivo de se voltarem a apoderar das enormes riquezas naturais da Venezuela (maiores reservas petrolíferas do mundo e terceira reserva mundial de ouro).

Mas a luta do Povo e a Aliança Cívica-Militar não desistem das conquistas de Revolução, da Paz e da independência do país.

"Democracia é quando as maiorias governam, democracia é quando se defendem os interesses da maioria, democracia não é garantir somente o direito a pensar livremente mas também o direito a saber pensar, o direito a saber escrever aquilo que se pensa, o direito a saber ler o que leem os outros, o direito ao pão, ao trabalho, à cultura”.

Fidel Castro, 01/5/1960.

” Tu forjador da História, professor… és o pai dos revolucionários deste continente, tu és o nosso pai”.

Hugo Chávez

 

Inicia-se hoje, aniversário de Fidel, o período de debate e consulta popular sobre as alterações à Constituição, data simbólica em que o povo cubano é chamado a discutir o documento fundamental que vai reger as suas vidas, num processo de participação único, verdadeiramente democrático, sem igual.

O Manifesto de Moncada e, posteriormente, a defesa de Fidel em tribunal após o assalto, refletia um programa de governo integralmente cumprido em que, desde o início, foi introduzido o conceito de que a ética deve acompanhar a política revolucionária socialista.

Fidel foi um grande político, um homem capaz de antecipar o futuro, de declarar com 20 anos de antecedência que a humanidade está em perigo, perante o sorriso condescendente dos líderes mundiais da época.

Faleceu o companheiro Victor Silva,

 

O camarada Victor Silva era membro dos Corpos Sociais da nossa Associação e um destacado militante na luta pela paz. Durante a sua vida esteve sempre envolvido com grande determinação na luta contra o fascismo.

Destacado elemento, quer na luta política, quer no movimento unitário, um camarada sempre solidário e de grande carácter.

A Associação de Amizade Portugal Cuba manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do camarada e apresenta as condolências à sua família.

 

Lisboa, 08 de Agosto de 2018

A Direcção

                                                                  

A Associação de Amizade Portugal Cuba, condena veementemente o atentado de que foi alvo, o Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro Moros.

Este criminoso atentado, ocorrido este sábado dia 4, foi efectuado por drones, quando Nicolás Maduro usava da palavra na parada militar onde se comemorava o 81º aniversário da Guarda Nacional Bolivariana e quando se cumpre um ano da Assembleia Nacional Constituinte.

A Associação de Amizade Portugal Cuba denuncia os intentos do Imperialismo que não desarma na sua intenção, utilizando o terrorismo, para derrubar o legitimo governo de Nicolás Maduro e provocar a desestabilização que favoreça o regresso à velha ordem na Venezuela e crie condições para criar mais instabilidade noutros países progressistas da América Latina e Caribe.

A Associação de Amizade Portugal Cuba expressa todo o seu apoio e solidariedade ao Povo Venezuelano ao Presidente Nicolás Maduro e à Revolução Bolivariana.

A Direcção