Imprimir
Categoria: Notícias da AAPC

O ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodriguez Parrilla, denunciou na quinta-feira, 30 de abril, que a embaixada de Cuba nos Estados Unidos foi alvo de um acto terrorista na madrugada do dia 30 de abril de 2020, quando um sujeito desconhecido disparou com uma espingarda de assalto contra o edifício da missão diplomática da Ilha maior das Antilhas

 

O Governo de Cuba está à espera da investigação correspondente por parte das autoridades estadunidenses acerca da identidade e as motivações do autor desta agressão.

 

Em declarações transmitidas pela Televisão Cubana, o ministro explicou que não houve feridos no pessoal da Missão cubana, o qual se encontra seguro e protegido, mas sim danos materiais resultantes dos impactos de inúmeros disparos.

O ministro informou que Cuba exigiu que a administração Norte Americana proceda a uma rigorosa investigação deste atentado.

O ministro Bruno Rodriguez Parrilla, salientou não é possível dissociar este acontecimento do recrudescimento da política de agressão e hostilidade que o governo dos EUA aplica contra a Ilha maior das Antilhas, nem do endurecimento do bloqueio, com medidas não convencionais, inclusive durante a pandemia da Covid-19.

(dados recolhidos do jornal Granma)