A Associação de Amizade Portugal – Cuba presta Tributo a Fidel três anos após o seu desaparecimento físico. (25.11.16)

As suas ideias permanecem vivas e o seu exemplo de Homem Revolucionário transmitem-nos a confiança e a certeza de que com Determinação e Luta é possível a conquista de um Mundo melhor.

O Tributo que hoje aqui assinalamos, é do reconhecimento profundo e deve servir para nos catapultar para a luta persistente em torno dos ideais da justiça, da liberdade da Democracia plena e de uma sociedade sem explorados nem exploradores.

Exemplos não nos faltam de homens e mulheres que dedicaram toda a sua vida à causa da Liberdade. Homens e mulheres que vivem na nossa memória e são também eles referências para a Luta que não pode abrandar.

Solidariedade com todos os Povos que enfrentam e resistem à besta Imperialista e por isso devemos exigir a cada um de nós todo o empenho nessa mesma Luta.

Fidel Vive!

Cuba vencerá!

Viva a solidariedade Internacionalista!

 

Caros companheiros,

 

Caros amigos

A Associação de Amizade Portugal Cuba saúda os Companheiros, Amigos e todos quantos nos acompanham e incentivam para dar continuidade ao nosso trabalho, em prol do apoio solidário à Revolução Cubana.

 

Vivemos um momento único de dificuldades extremas provocado pela situação sanitária que atinge praticamente toda a Humanidade.

No caso particular da nossa Associação tal situação tornou difícil o desenvolvimento do nosso plano para o corrente ano, uma vez que, desde o mês de Fevereiro, estamos limitados de promover as nossas iniciativas com a excepção da participação na Festa do Avante.

A AAPC, carece da realização de fundos para o desenvolvimento da sua actividade o que, na circunstancia actual, está muito dificultado.

Não deixamos contudo de continuar a prestar a nossa solidariedade com a Revolução Cubana, quer materialmente quer através da denúncia do criminoso Bloqueio, embora de forma mais limitada.

A AAPC, dirige-se, assim, a todos os nossos amigos solidários com a Revolução, apelando à contribuição possível por forma a tornar sustentável o desenvolvimento da nossa actividade.

Aos nossos associados uma palavra de reforço sobre a necessidade do pagamento da quotização, situação fundamental para a sobrevivência da nossa Associação.

O referido pagamento pode ser feito através do NIB 0033 0000 0058 0164 1169 7, confirmando, depois, essa transferência para o nosso email a que se seguirá o envio do respectivo recibo.

Agradecemos a todos os amigos a solidariedade demonstrada e reforçamos o nosso firme compromisso com a Revolução e o Povo Cubano.

Cuba Vencerá!

Saudações fraternas,

A Direcção

A brigada médica cubana especializada em situações de desastre e epidemias graves, Henry Reeve, constitui uma extraordinária e exemplar demonstração da solidariedade internacional de Cuba.

A Associação de Amizade Portugal Cuba (AAPC) e o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) propõem a atribuição do Prémio Nobel da Paz à Brigada Médica Cubana Henry Reeve.

Desde a sua criação, em Setembro de 2005, milhares de médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde da Brigada Henry Reeve já prestaram ajuda a milhões de pessoas em mais de 40 países, nomeadamente no combate aos surtos de ébola em África, na sequência de sismos, como o que afectou o Paquistão em 2005, ou, actualmente, no combate à pandemia da COVID 19 em vários países.

Condecorada por vários países e organizações, como, em 2017, pela Organização Mundial de Saúde, a Brigada vê o apoio internacional fortalecer dia a dia, encerrando, tal apoio, a convicção de que as diferenças de ideais políticos não se podem sobrepor ao valor da vida humana. São princípios da Brigada a defesa e exercício do direito humano à saúde, o humanismo e a solidariedade entre os povos.

A atribuição do Prémio Nobel da Paz à Brigada Henry Reeve conta já com o apoio de inúmeros intelectuais, ex presidentes da república e organizações de solidariedade de todo o mundo. A AAPC e o CPPC apelam a que também apoie e faça crescer este apoio, subscrevendo e divulgando o abaixo assinado divulgado pelas nossas associações.

 

Assine em: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=nobel-paz-henryreeve

Fidel Castro é uma figura impar da história do nosso tempo cujo pensamento marca o movimento de resistência dos Povos e também de conquista, na luta contra o domínio imperialista.

Tudo quanto se possa dizer sobre tão grande personalidade está longe de espelhar a sua grandeza como ser humano e como revolucionário. Todo o seu pensamento tinha um sentido único: dar força e voz aos mais desfavorecidos, combater a pobreza, dar o verdadeiro sentido às palavras Liberdade e Democracia.

Apesar de que na quarta-feira, 24, apenas se ter registado um caso, isso não nos pode empurrar para alterar as condutas

Autor: Yudy Castro Morales

Junho, 2020

Foto: Dunia Álvarez Palacios

 

Apesar do anúncio da passagem à recuperação não poderão ser descuradas as medidas sanitárias.

Quarta-feira, 24 de Juno, Havana e o país – que neste caso é o mesmo, e não por chauvinismo capitalino ou algo parecido– amanheceram com um só caso positivo à Covid-19, o que confirma a tendência favorável descendente dos últimos dias; uma muito boa notícia, sem dúvida, para a província que concentrou o epicentro e cauda da pandemia. Mas as estatísticas a favor não podem empurrar-nos para condutas contrárias à defesa contra a Covid 19.

Seria totalmente insensato, por exemplo, ceder na disciplina e na responsabilidade para nos animar e perdermos a percepção de risco mediante uma «desconfinação» por conta própria.