Trabalho Solidário com a Revolução
03 a 22 de Julho de 2017

Estimados Companheiros e Companheiras,

A Associação de Amizade Portugal Cuba correspondendo à iniciativa do Instituto Cubano de Amizade com os povos (ICAP) e a sua Agência de Viagens, a Amistur SA, e como é tradição, organiza mais uma vez a Brigada de Trabalho Voluntário.

Após o desaparecimento físico do líder histórico da Revolução Cubana, Comandante em Chefe Fidel Castro Ruz ,no passado dia 25 de Novembro, propomos que esta Brigada constitua uma digna homenagem à sua vida, obra e pensamento.

É além disso o ano do 50o Aniversário da queda em combate do Guerrilheiro Heróico Ernesto Che Guevara pelo que a homenagem a esta querida figura da nossa história estará também patente no nosso programa.

A Brigada de Trabalho Voluntário é uma oportunidade única que, no espaço de 20 dias proporciona o convívio com amigos cubanos e de vários países da Europa o conhecimento de perto da realidade do nosso país.

O ICAP, desde que surgiu em 1960, tem tido como um dos seus objectivos fundamentais, servir de ponte a todas as pessoas interessadas em conhecer os resultados alcançados pelo nosso povo nestes anos de revolução.

As Brigadas de Trabalho Voluntário são uma das vias para esta aproximação.

Integrar uma Brigada de Solidariedade constitui uma excelente oportunidade para conhecer o legado histórico de José Martí, Herói Nacional de Cuba, assim como proporcionar o intercâmbio fraternal entre cubanos e amigos europeus sobre temáticas da actualidade e interesses relacionadas com Cuba, e, em particular, sobre os resultados alcançados adquirindo assim uma visão mais objectiva do país.

Como já é tradicional, a realização de jornadas de trabalho voluntário como contributo para o desenvolvimento agrícola e produtivo do país, contribuem também para a ampliação do movimento de solidariedade e para fortalecer a amizade e o conhecimento mútuo entre Cuba e os demais povos do mundo.

Haverá, além disso, actividades desportivas, bailes, projecção de vídeos e de documentários, e jornadas de solidariedade. Isso dará a possibilidade de maior aproximação à idiossincrasia do povo cubano e de compreender melhor as razões que suportam e fortalecem a Revolução.

O programa contempla visitas a lugares de interesse histórico, cultural e social, tanto em Havana como nas províncias de Artemisa e de Villa Clara, a realização de conferências e debates sobre a actualidade nacional e internacional, sobre a obra e o pensamento de Martí, e encontros com organizações da sociedade civil.

O custo da estadia é de 450.00 CUC (Pesos Cubanos Convertíveis) por pessoa, com sede no Acampamento Internacional “Júlio António Mella” (CIJAM), situado em Guayabal, Caimito, Província de Artemisa, a 40 Km da capital, o qual inclui alojamento em espaços partilhados, alimentação (pensão completa), transfer de chegada e saída do aeroporto, transporte para as ctividades contempladas no programa, serviços médicos de primeiro auxilio e 4 noites de estadia num centro turístico localizado na província de Villa Clara .

Não estão incluídas visitas opcionais no pacote da Brigada.

O alojamento no CIJAM por noites adicionais ao programa tem um custo de 10.00 CUC.

O CIJAM oferece também serviços de cafetaria, bar, loja, rádio nacional e internacional, serviços de internet e de correio eletrónico, e cofre de segurança para documentos pessoais e objetos de valor.

O pagamento do pacote deverá fazer-se nas primeiras 24 horas após chegar ao acampamento, pelo que se torna necessário o câmbio da sua moeda em CUC (Pesos Cubanos Convertíveis) nas caixas de câmbio (CADECA) do Aeroporto Internacional “José Martí” à sua chegada ao país.

O câmbio de moedas em CUC pode ser efetuado em Euros, Dólares Canadianos, Libras Esterlinas ou Francos Suíços, de acordo com a taxa de câmbio internacional do dia, em aeroportos, hotéis, Centros de Convenção e Negócios e nas caixas de câmbio (CADECA) disponíveis no país.

A Direcção

Associação de Amizade Portugal Cuba

 

 

 

 

 

 BREVE HISTÓRIA

As Brigadas Internacionais de Trabalho Voluntário têm constituído, ao longo dos anos, um dos expoentes de solidariedade dos vários povos do mundo com o povo cubano.

A primeira experiência foi realizada em 1969 com a Brigada «Venceremos», proveniente dos E.U.A. para apoiar a safra açucareira desse ano. Desde então novas Brigadas das diversas regiões do mundo têm sido constituídas: é o caso, por exemplo, da Brigada «Nórdica», em 1970; da Brigada Europeia «José Marti»1, em 1973; da Brigada da África do Sul, em 1996; e, em 1997, da Brigada «Pablo de la Torriente Brau» constituída pelos países da Europa Oriental. Hoje atingem já os milhares as pessoas que visitaram Cuba para deste modo manifestar o seu apoio ao processo revolucionário cubano.

Portugal integrou pela primeira vez a Brigada Europeia «José Marti» em 1977, após a Revolução de Abril (25 de Abril de 1974). Desde então, todos os anos têm partido para Cuba, a fim de dar o seu contributo de solidariedade, grupos de portugueses das mais variadas idades.

Caros companheiros,
 
É com grande entusiasmo que vamos iniciar o trabalho sobre a 46ª Brigada José Marti 2016.
 
Neste contexto fornecemos já um conjunto de informações que constituem a base para a participação nesta grande jornada de solidariedade activa com a Revolução Cubana.
 
Para já as inscrições são provisórias e tem por objectivo dar-nos uma ideia do número de interessados, situação fundamental para iniciarmos o processo.
À semelhança de anos anteriores, informamos que para participar na Brigada é condição ser sócio da nossa Associação.
 
* Chamamos a atenção dos interessados que quem não tem passaporte deve, no mais curto espaço de tempo, resolver essa situação.
* A questão do passaporte é deveras urgente uma vez que as reservas devem ser feitas com a maior antecedência por forma a conseguirmos melhores preços.
* A obtenção dos vistos é tratada pela nossa Associação.
* O programa da 46ª Brigada já está disponível e será remetido a todos os amigos de quem possuímos endereço electrónico e pode ser consultado na nossa página facebook.
 
Os custos:
 
* Não é possível darmos um custo exacto dado a variação constante dos preços das passagens.
* Só a partir do momento que fizermos as reservas é que as agências podem dar o custo definitivo.
* As reservas têm de ser liquidadas no momento em que são feitas.
* Actualmente, nenhuma agência suporta o pagamento fraccionado.
* Sugerimos que provisionem entre 1.000 e 1.200 € para a viagem.
 
No momento próximo da efetivação da reserva já podemos prestar uma informação rigorosa.
 
* A estadia em Cuba tem o custo de 450 CUC (Peso Cubano Convertível).
* O valor do CUC varia na casa dos 0,90 €. Data limite para as inscrições:
* A data limite para as inscrições do grupo é 30 de Abril de 2016.
* Às inscrições efetuadas posteriormente a esta data não podemos garantir o custo da passagem igual ao do grupo.
* A data limite tem como objectivo não encarecer o custo da passagem a quem pretenda fazer a reserva mais cedo uma vez que, quanto mais cedo se marcar melhores preços serão conseguidos.
* Constituído o grupo, vamos realizar uma reunião de esclarecimento na Sede da nossa Associação.
* Para os inscritos fora da zona da grande de Lisboa encontraremos a forma mais confortável para o sócio de modo a ser devidamente elucidado.
 
O grupo de trabalho muito brevemente emitirá nova nota que abordará, entre outras questões que possam surgir, as regras da participação na Brigada.
 
A Direcção
 
Associação de Amizade Portugal Cuba

 

 

 

 

 

 

 

Resumo do Programa da 45ª Brigada Europeia José Martí

De 6 a 22 de Julho de 2015

Provincias a visitar: Artemisa, Villa Clara, Matanzas

6 de Julho
 Deposição de flores no Monumento a Julio Antonio Mella
 Sessão oficial de Boas-Vindas. Apontamento cultural com poesia
 Visita a Havana: Deposição de flores no Monumento a José Martí, na Praça da Revolução. Visita ao Museu. Palavras de boas-vindas por um representante da Sociedade Cultural José Martí
 Emissão Especial de selo comemorativo da 45ª Edicão da Brigada Europeia
 Actividade Cultural de Boas-Vindas no acampamento

7 de Julho
 Trabalho de campo
 Conferência: Economia cubana. O aperfeiçoamento do modelo económico cubano como estratégia para fortalecer o Socialismo
 Actividades desportivas e recreativas
 Apresentação de um projecto cultural da Província.

8 de Julho
 Conferência: Relações entre Cuba e União Europeia.
 Projecção do filme documental A Medicina Revolucionária

9 de Julho
 Inauguração da Exposição dedicada aos Cinco Heróis
 Apresentação do documentário Justiça em Londres
 Espectáculo cultural infantil: Projecto Soñarte del Cotorro
 Aula de Salsa cubana

10 de Julho
 Trabalho de Campo
 Visita a Havana
 Visita ao Projecto sócio-cultural “Cabildo Quisiguaba” e ao Projecto “Alas de Mariposa” em Havana Velha.
 Tempo livre em Havana Velha
 Noite de Solidariedade Europeia na Casa da Amizade

11 de Julho
 Visita a Artemisa
 Visita ao Complexo Memorial dos Mártires e Heróis de Artemisa
 Visita à Assembleia Provincial de Artemisa. Encontro com delegados e deputados. Visita a um Conselho Popular

 Encontro com representantes de um Sindicato e trabalhadores por conta própria de uma cooperativa não agrícola de Artemisa
 Acender da chama da Amizade
 Apresentação de danças folcróricas

12 de Julho
 Corrida da Amizade
 Actividade cultural, com a participação da comunidade de Caimito.
 Apresentação e encontro com “glórias” do desporto cubano no CIJAM.
 Actividades desportivas e de recreio
 Festa cubana

13 de Julho
 Trabalho no campo
 Atelier “45ª edição da criação da Brigada José Martí
 Encontro-convívio com fundadores das brigadas.
 Noite Cultural Europeia

14 de Julho
 Trabalho no campo
 Conferência: Meios de comunicação ao serviço da política subversiva contra Cuba
 Projecção de um filme cubano.

15 de Julho
 Ida a Santa Clara
 Visita ao Complexo Memorial de “Tren Blindado”
 Saída para a Praia Girón
 Jantar e cerimónia de boas-vindas no Hotel.

16 de Julho
 Visita a locais de interesse económico, em dois grupos:
 * Grupo 1 – Empresa de pesca e Policlínica de Praia Larga
 * Grupo 2 – Empresa Florestal e Escola Primária da Povoação de Pálpite
 Encontro com Comités de Defesa da Revolução Federação de Mulheres Cubanas da Comunidade de Girón

17 de Julho
 Visita a reserva de Crocodilos
 Visita a Guanamá pela Lagoa do Tesouro (Aldeia Taína)
 Visita ao memorial do 50º aniversario da batalha da Praia de Girón
 Visita ao Museu Girón

18 de Julho

 Visita à povoação de Pálpite
 Visita à sede do Complexo Artístico Comunitário “Korimakao”.
 Encontro-convívio com jovens artistas.
 Gala cultural.
 Encontro-convívio com a comunidade
 Visita à Praia Caleta
 Cerimónia de despedida

19 de Julho
 Actividades recreativas

20 de Julho
 Visitas opcionais, organizadas pela Amistur (Soroa, Las Terrazas)
 Actividades desportivas e recreativas
 Festa – convívio

21 de Julho
 Visita ao Museu da Revolução em Havana
 Visita ao Projecto Comunitário “Nicolás Guillén” no Vedado
 Sessão oficial de encerramento da Brigada. Leitura da Declaração Final
 Sessão cultural de despedida

22 de Julho
Saída das Delegações para os respectivos países.

Caros companheiros,

Após inúmeras consultas efectuadas a várias agências de viagens, estamos em condições de poder avançar um conjunto de informações que contribuem para uma tomada de decisão.

  •  Em primeiro lugar devemos dizer que, os participantes nas Brigadas devem ser sócios da nossa Associação.
  •  Chamamos a atenção dos interessados que, quem não tem passaporte, deve no mais curto espaço de tempo resolver essa situação.
  •  A questão do passaporte é deveras urgente uma vez que as reservas devem ser feitas com a maior antecedência por forma a conseguirmos melhores preços.
  •  A obtenção dos vistos é tratada pela nossa Associação.
  •  Junto a esta nota remetemos novamente o programa da Brigada.

Os custos:

  • Não é possível darmos um custo exacto dado a variação constante dos mesmos.
  • Só a partir do momento que fizermos as reservas é que as agências podem dar o custo definitivo.
  •  As reservas têm de ser liquidadas no momento em que são feitas.
  •  Actualmente, nenhuma agência suporta o pagamento fraccionado.
  •  Sugerimos que provisionem 1.000 € para a viagem. O acerto será feito após a reserva efectuada.
  •  As cotações até agora obtidas variam entre os 900 e os 1.100 €.
  •  A estadia em Cuba tem o custo de 385 €.

Data limite para as inscrições:

  • A data limite para as inscrições do grupo é 30 de Abril de 2015.
  •  Isto quer dizer que às inscrições efectuadas posteriormente a esta data não podemos garantir o custo da passagem igual ao do grupo.
  •  A data limite tem como objectivo não encarecer o custo da passagem a quem pretenda fazer a reserva mais cedo uma vez que, quanto mais cedo se marcar melhores preços serão conseguidos.
  •  Constituído o grupo, vamos realizar uma reunião de esclarecimento na Sede da nossa Associação.
  •  Para os inscritos fora da zona da grande de Lisboa encontraremos a forma mais confortável para o sócio para que seja devidamente elucidado.

As condições de obtenção das passagens alteraram-se de forma significativa em comparação com os anos anteriores.

O grupo de trabalho muito brevemente emitirá nova nota que abordará, entre outras questões que possam surgir, as regras da participação na Brigada. 

Grupo de Trabalho

45ª Brigada